Enciclopédia da Conscienciologia

Texto do Verbete :


MATERPENSENE PROJETIVO

(PROJECIOLOGIA)


I. Conformática

Definologia.
O materpensene projetivo é a megatendência, o pilar mestre ou a penseni-
dade predominante da consciência, intra ou extrafísica, centrada no conjunto de abordagens, ma-
nifestações, condutas, comportamentos e interações relativas à projetabilidade lúcida (PL).
Tematologia.
Tema central neutro.
Etimologia.
O elemento de composição do idioma Latim, mater, vem da raiz do idioma
Indoeuropeu, matr, “mãe, representada em todas as línguas indo-europeias”. O vocábulo pensa-
mento
deriva do idioma Latim, pensare, “pensar; cogitar; formar alguma ideia; pesar; examinar;
considerar; meditar”. Surgiu no Século XIII. O termo sentimento procede também do idioma La-
tim, sentimentum, através do idioma Francês, sentiment, “sentimento; faculdade de receber as im-
pressões físicas; sensação; conhecimento; fato de saber qualquer coisa; todo fenômeno da vida
afetiva; emoção; opinião; bom senso”. Apareceu no Século XIV. A palavra energia provém do
idioma Francês, énergie, derivada do idioma Latim, energia, e esta do idioma Grego, enérgeia,
“força em ação”. Surgiu no Século XVI. O vocábulo projetivo vem do mesmo idioma Francês,
projectif,
de project(ion), “projeção”, e este do idioma Latim, projectio, “jato para diante; lanço;
esguicho de água; ação de alongar, de estender; alongamento; prolongamento; construção em pro-
jetura”, de projicere, “lançar para diante”. Apareceu no Século XIX.
Sinonimologia:
1. Matriz pensênica projetiva. 2. Pensene predominantemente proje-
tivo. 3. Pensene-mãe projetivo.
Neologia.
As 3 expressões compostas materpensene projetivo, materpensene projetivo
egoico
e materpensene projetivo assistencial são neologismos técnicos da Projeciologia.
Antonimologia:
1. Materpensene fisicalista. 2. Materpensene monodimensional.
3. Materpensene antiprojetivo.
Estrangeirismologia:
o Projectarium; o mindset projetivo; a out-of-the-body experience
(OOBE; OBE); a open mind quanto a multidimensionalidade; o modus vivendi projeciológico.
Atributologia:
predomínio das faculdades mentais, notadamente do autodiscernimento
quanto à importância da projetabilidade lúcida na autevolução consciencial.

II. Fatuística

Pensenologia:
o materpensene projetivo; o holopensene pessoal da projetabilidade lúci-
da; o holopensene da tecnicidade aplicada à projetabilidade; o holopensene pessoal de interesse
na Projeciologia; a retroalimentação contínua do holopensene projeciológico; a manutenção da
autopensenidade sadia a partir da autopesquisa projetiva e das reciclagens intraconscienciais;
a extrapolação pensênica a partir da recuperação de cons magnos.

Fatologia:
a autopesquisa alicerçada na projeção lúcida; a projeção lúcida corretamente
valorizada na vida intrafísica; as conversas interpares sendo encaminhadas para o tema da proje-
ção consciente; a alcunha de projeciolino dada pelos colegas; a qualificação e desenvolvimento
da projetabalidade como meta prioritária; o objetivo de produzir o maior número possível de pro-
jeções lúcidas; a busca incessante de extrapolações projetivas; a docência conscienciológica como
forma de retribuição aos aportes recebidos; a escrita de verbetes com a temática da projeção lúci-
da; o veteranismo projetivo sendo resultado do foco na projeção consciente; a busca incessante de
novas técnicas para qualificar a projetabilidade lúcida; a pesquisa nos livros constantes da biblio-
grafia do tratado Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Hu-
mano;
a reeducação da atenção saltuária no intrafísico para qualificar a atenção no extrafísico; os
relatos projetivos no dia a dia; a bússola proexogênica direcionada para a projeção consciente;
a autopesquisa profunda haurida pelas retrocognições projetivas.

Parafatologia:
a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a otimização do
ambiente intrafísico resultante da prática energética constante com o objetivo de alavancar a pro-
jetabilidade; as práticas projetivas diárias; a qualificação da projetabilidade lúcida interassistenci-
al visando a ofiex; o objetivo de visitar comunexes evoluídas projetado; a aquisição de desenvol-
tura extrafísica resultante da constância projetiva; o contágio projetivo através das bioenergias do
projetor veterano; o energossoma “sarado” por meio das volitações no extrafísico; a euforin e eu-
forex resultantes das absorção de energias no extrafísico; a recuperação de cons magnos advindos
da projetabilidade lúcida.

III. Detalhismo

Sinergismologia:
o sinergismo materpensene projetivo-recuperação de cons magnos.
Principiologia:
o princípio da autexperimentação fundamentando o desenvolvimento
projetivo; o princípio de os resultados projetivos advirem dos autesforços repetitivos; o princípio
da vontade decidida
superando as limitações pessoais.
Codigologia:
o código de ética extrafísico da conscin projetora, o código pessoal de
Cosmoética
(CPC).
Teoriologia:
a teoria da projetabilidade lúcida.
Tecnologia:
as técnicas projetivas; a técnica dos 20 EVs diários.
Laboratoriologia:
o laboratório conscienciológico do estado vibracional; o laboratório
conscienciológico da Autoprojeciologia;
a Escola de Projeção Lúcida (EPL) do Instituto Inter-
nacional de Projeciologia e Conscienciologia
(IIPC), enquanto laboratório conscienciológico de
aplicação de técnicas projetivas
.
Colegiologia:
o Colégio Invisível da Projeciologia.
Efeitologia:
os efeitos bioenergéticos pós-projetivos; o efeito da tenepes nas projeções
conscientes;
o efeito potencializador da aplicação de técnicas projetivas em grupo.
Neossinapsologia:
as neossinapses geradas pelas projeções conscienciais lúcidas.
Ciclologia:
o ciclo projetivo; a quebra do ciclo milenar do dogma religioso; o ciclo au-
tesforço-conquista-sustentação-domínio
.
Binomiologia:
o binômio domínio das energias-desenvoltura projetiva; o binômio luci-
dez extrafísica-rememoração posterior;
o binômio Projeciologia-Evoluciologia.
Interaciologia:
a interação autodidatismo permanente-autoqualificação crescente; a in-
teração domínio das energias-projeção consciente;
a interação interassistência-projeção cons-
ciente
.
Crescendologia:
o crescendo materpensene fisicalista-materpensene projetivo; o cres-
cendo conscin de existência trancada-projetor jejuno-projetor veterano;
o crescendo recebimen-
to-retribuição;
o crescendo Curso Integrado de Projeciologia (CIP)-Escola de Projeção Lúcida.
Trinomiologia:
o trinômio acumulação de experiências-acumulação de fatos-acuumla-
ção de fenômenos;
o trinômio autorganização-autodeterminação-autorresultados; o trinômio cu-
riosidade-automotivação-perseverança;
o trinômio dedicação ao estudo da Projeciologia-treina-
mento com técnicas projetivas-experiência projetiva
.
Polinomiologia:
o polinômio EV-tenepes-interassistência-projetabilidade lúcida; o po-
linômio volição-intenção-decisão-determinação
.
Antagonismologia:
o antagonismo vida projetiva lúcida / vida intrafísica; o antagonis-
mo psicosfera projetiva / vida humana trancada;
o antagonismo euforia pós-projetiva / ressaca
energética pós-projetiva;
o antagonismo materialismo / multidimensionalidade; o antagonismo
conscin teática / conscin teoricona;
o antagonismo autossuperação / autovitimização; o antago-
nismo autoprojetabilidade amadora esporádica / autoprojetabilidade profissional buscada
.
Paradoxologia:
o paradoxo de quanto mais a pessoa sai de si, mais se conhece; o para-
doxo de a disciplina intrafísica trazer liberdade extrafísica;
o paradoxo de determinada dimen-
são ser estado intraconsciencial antes de ser localização
.
Politicologia:
a projeciocracia; a lucidocracia; a tecnocracia; a assistenciocracia.

Legislogia:
a lei do maior esforço aplicada ao estudo e desenvolvimento projetivo; a lei
da Projeciologia;
a lei do aperfeiçoamento contínuo.
Filiologia:
a projeciofilia; a organizaciofilia; a disciplinofilia; a multidimensiofilia.
Fobiologia:
a superação da projeciofobia; a superação da tanatofobia; a evitação da es-
pectrofobia; a extinção da extrafisicofobia.
Sindromologia:
a síndrome da despriorização projetiva; a síndrome da procrastinação
deixando o desenvolvimento da PL para a próxima vida; a síndrome da pressa; a síndrome da
pré-derrota;
a síndrome da desorganização; a síndrome de Swedenborg; a síndrome da insegu-
rança
.
Maniologia:
a superação da fracassomania frente à projeção consciente.
Mitologia:
o mito do último adeus dado ao dessomado superado pelo projetor conscien-
te; o mito falacioso do descanso eterno depois do descarte do soma; o mito do desenvolvimento
projetivo instantâneo;
o mito de na projeção consciente não se conseguir voltar ao soma; o mito
de o psicossoma projetado poder se perder do soma;
o mito do dom sem autesforço; a queda do
mito de a consciência se resumir ao corpo físico
.
Holotecologia:
a projecioteca; a parapsicoteca; a fenomenoteca; a extrafisicoteca; a vo-
licioteca; a tecnoteca; a pesquisoteca.
Interdisciplinologia:
a Projeciologia; a Autodidaticologia; a Autopesquisologia; a Inte-
rassistenciologia; a Extrafisicologia; a Voliciologia; a Energossomatologia; a Voliciologia; a Pro-
jeciografia; a Projeciocriticologia; a Autodisciplinologia.

IV. Perfilologia

Elencologia:
a conscin lúcida; a isca humana lúcida; o ser desperto; o ser interassisten-
cial; a conscin enciclopedista.

Masculinologia:
o projetor consciente; o acoplamentista; o agente retrocognitor; o am-
parador intrafísico; o projetor deslumbrado; o atacadista consciencial; o autodecisor; o intermissi-
vista; o cognopolita; o compassageiro evolutivo; o completista; o comunicólogo; o conscienciólo-
go; o conscienciômetra; o consciencioterapeuta; o macrossômata; o conviviólogo; o duplista;
o duplólogo; o proexista; o proexólogo; o reeducador; o epicon lúcido; o escritor; o evoluciente;
o exemplarista; o intelectual; o reciclante existencial; o inversor existencial; o maxidissidente
ideológico; o tenepessista; o ofiexista; o parapercepciologista; o pesquisador; o sistemata;
o tertuliano; o teletertuliano; o verbetólogo; o voluntário; o tocador de obra; o homem de ação.

Femininologia:
a projetora consciente; a acoplamentista; a agente retrocognitora; a am-
paradora intrafísica; a projetora deslumbrada; a atacadista consciencial; a autodecisora; a inter-
missivista; a cognopolita; a compassageira evolutiva; a completista; a comunicóloga; a conscien-
cióloga; a conscienciômetra; a consciencioterapeuta; a macrossômata; a convivióloga; a duplista;
a duplóloga; a proexista; a proexóloga; a reeducadora; a epicon lúcida; a escritora; a evoluciente;
a exemplarista; a intelectual; a reciclante existencial; a inversora existencial; a maxidissidente
ideológica; a tenepessista; a ofiexista; a parapercepciologista; a pesquisadora; a sistemata;
a tertuliana; a teletertuliana; a verbetóloga; a voluntária; a tocadora de obra; a mulher de ação.

Hominologia:
o Homo sapiens projectius; o Homo sapiens trancatus; o Homo sapiens
duplex;
o Homo sapiens experimentatus; o Homo sapiens multidimensionalis; o Homo sapiens
autolucidus;
o Homo sapiens perquisitor; o Homo sapiens interassistens.

V. Argumentologia

Exemplologia:
materpensene projetivo egoico = o do projetor lúcido atuando apenas em
benefício próprio; materpensene projetivo assistencial = o do projetor lúcido atuando a favor de si
e de outras consciências.

Culturologia:
a cultura da projetabilidade lúcida.

VI. Acabativa

Remissiologia.
Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabé-
tica, 15 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas cen-
trais, evidenciando relação estreita com o materpensene projetivo, indicados para a expansão das
abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
01. Agenda projetiva: Projeciologia; Homeostático.
02. Agente antiprojeção consciente: Projeciologia; Nosográfico.
03. Aplicação de técnicas projetivas: Projeciologia; Neutro.
04. Aplicação evolutiva das autoprojeções: Projeciologia; Homeostático.
05. Autoconscientização projetiva: Projeciologia; Homeostático.
06. Autossuperação da inabilidade projetiva: Projeciologia; Neutro.
07. Desenvolvimento projetivo: Autoprojeciologia; Homeostático.
08. Deslumbramento projetivo: Projeciologia; Nosográfico.
09. Dividendos da projeção consciente: Projeciologia; Homeostático.
10. Inabilidade projetiva: Projeciologia; Neutro.
11. Interação energossomaticidade-projetabilidade: Projeciologia; Neutro.
12. Neossinapse projetiva: Projeciologia; Homeostático.
13. Nível de projetabilidade: Projeciometrologia; Neutro.
14. Projeção consciente retrocognitiva: Projeciologia; Neutro.
15. Saudade da volitação: Paraconviviologia; Neutro.

O
MATERPENSENE PROJETIVO, QUANDO IDENTIFICADO
E QUALIFICADO INTERASSISTENCIALMENTE, CAPACITA
A CONSCIÊNCIA PARA O FUTURO DESENVOLVIMENTO
DA
AUTOFIEXOLOGIA AUXILIANDO NA REURBEX.


Questionologia.
Você, leitor ou leitora, já identificou o materpensene pessoal? O para-
digma consciencial ainda é teoria a ser comprovada ou já é vivenciada na prática pelo desenvolvi-
mento e qualificação da projetabilidade lúcida?

Bibliografia Específica:


1. Vieira, Waldo; Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano;
1.248 p.; 525 caps.; 150 abrevs.; 43 ilus.; 5 índices; 1 sinopse; glos. 300 termos; 2.041 refs.; alf.; geo.; ono.; 27 x 21
x 7 cm; enc.; 5ª Ed.; Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC); Rio de Janeiro, RJ; 2002; páginas
488 a 490, 590 a 625 e 629.

A. R. C.