Enciclopédia da Conscienciologia

Texto do Verbete :


FRUSTRAÇÃO

(PSICOSSOMATOLOGIA)


I. Conformática

Definologia.
A frustração é o ato de negar a satisfação pela realidade, conducente ao es-
tado de privação do desfrute de algum desejo (aspiração) ou condição existencial almejável, devi-
do à ausência de objeto, por obstáculo externo ou interno.
Tematologia.
Tema central nosográfico.
Etimologia.
O termo frustração vem do idioma Latim, frustatione, “contratempo; falha;
decepção”. Surgiu em 1881.
Sinonimologia:
01. Antibambúrrio. 02. Contrariedade. 03. Desagrado; desprazimento;
insatisfação. 04. Degringolada; derrocada; derrota. 05. Falha; fiasco; fissuração. 06. Fracasso;
insucesso. 07. Malogro. 08. Perda. 09. Sorte de Ícaro. 10. Incompléxis.
Arcaismologia.
Eis 1 termo arcaico do idioma Português correspondente à frustração:
fossa.

Neologia.
Os 3 vocábulos minifrustração, megafrustração e megaparafrustração são
neologismos técnicos da Psicossomatologia.
Antonimologia:
1. Antifrustração. 2. Aprazimento; comprazimento; contentamento;
deleite; prazer. 3. Satisfação. 4. Êxito; sucesso; vitória. 5. Compléxis.
Atributologia:
predomínio dos sentidos somáticos.

II. Fatuística

Pensenologia:
o holopensene pessoal da frustração; os patopensenes; a patopensenidade.

Fatologia:
a frustração; a frustração amorosa; a frustração ideológica; o placebismo; os
paliativismos;
a infelicidade; a desventura; a adversidade; o infortúnio; a privação do desejo;
o malentendido estigmatizador; a desdita; a megacontrariedade; o superdesgosto; a decepção;
o desagrado; as barreiras impeditivas; as barreiras físicas; as barreiras normativas; as barreiras
geográficas; as barreiras sociais; as barreiras afetivas; as barreiras intelectuais; a crise de cres-
cimento; o constrangimento; o confrangimento; o megadesprazimento; o desapontamento; o con-
tratempo; a surpresa desagradável; o estigma do escândalo; o fiasco estigmatizador; a anticura;
a pré-agressão; o erro de cálculo; o desvio do rumo; as perdas humanas em geral; a derrota políti-
ca; a derrota esportiva; o desemprego; o subemprego; o achatamento salarial deste ano; a impres-
ciência; a desandança; o insucesso; o malogro; a desilusão; o luto; a falha inesperada; o banho de
água fria;
o xeque-mate; a secussão; a falência; o revés da fortuna; o beleléu; a queda da dignida-
de social; a revolta; os praguejamentos; as reações intropunitivas; o remordimento; o nascimento
do natimorto; a ambiguidade interconsciencial ex-criança prodígio-adulto medíocre.

Parafatologia:
a autovivência do estado vibracional (EV) profilático.

III. Detalhismo

Fobiologia:
a neofobia; a xenofobia.
Holotecologia:
a psicossomatoteca; a psicopaticoteca.
Interdisciplinologia:
a Psicossomatologia; a Parapatologia; a Proexologia; a Perdologia.

IV. Perfilologia

Elencologia:
a dupla candidato político-eleitor.

Masculinologia:
o desgostoso; o decepcionado; o desolado; o amofinado; o empresário
falido; o gorado intelectual; o revoltado; o mito Ícaro; o frustrado; o frustradão.

Femininologia:
a desgostosa; a decepcionada; a desolada; a amofinada; a empresária fa-
lida; a gorada intelectual; a revoltada; a frustrada; a frustradona.

Hominologia:
o Homo sapiens frustrator; o Homo sapiens frustratus.

V. Argumentologia

Exemplologia:
minifrustração = o antibambúrrio ou o ato de perder o bilhete premiado;
mega
frustração = o ato de cometer suicídio (qualquer tipo); megaparafrustração = a megamelex
da consciex na Baratrosfera.

Reação.
De acordo com a Consciencioterapia, ocorre a conduta-padrão quanto à frustra-
ção quando a mesma se torna fecunda para a conscin reciclante, reativa, capaz de dar a volta por
cima
na crise evolutiva, soerguendo-se com algum passo à frente.
Ocupações.
Segundo a Intrafisicologia, é comum encontrarmos conscins frustradas
quanto às próprias realizações profissionais, sentindo-se fora do trinômio automotivação-traba-
lho-lazer,
nas ocupações do dia a dia.

Repetições.
Do ponto de vista da Assistenciologia, é frustrante para os amparadores ex-
trafísicos quando determinada conscin, ex-aluna de Curso Intermissivo (CI) pré-ressomático, de
alto nível, opta pelas repetições das antigas tarefas da consolação (tacon), mais simpáticas, em
oposição às evoluídas e recicladoras tarefas do esclarecimento (tares), menos simpáticas.
Perdologia.
Pelos critérios da Invexologia, é frustrante quando o inversor existencial,
portador de razoável bagagem consciencial e inteligência evolutiva (IE), faz a opção, consciente-
mente, pela reciclagem existencial (recéxis), perdendo a oportunidade de promover as gestações
conscienciais (gescons) da invéxis.
Autorganização.
Sob a ótica da Paraprofilaxiologia, a conscin padece de menores frus-
trações quando imprime autorganização detalhista às próprias rotinas diárias da vida diuturna.

VI. Acabativa

Remissiologia.
Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabé-
tica, 7 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas cen-
trais, evidenciando relação estreita com a frustração, indicados para a expansão das abordagens
detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
1. Acídia: Parapatologia; Nosográfico.
2. Anticura: Consciencioterapia; Nosográfico.
3. Autocastração: Consciencioterapia; Neutro.
4. Autovitimização: Parapatologia; Nosográfico.
5. Bamburriologia: Proexologia; Neutro.
6. Causa perdida: Perdologia; Nosográfico.
7. Desafeição: Parapatologia; Nosográfico.

O MAIS INTELIGENTE E ANTIFRUSTRANTE PERANTE
A EVOLUÇÃO CONSCIENCIAL É A ESCOLHA CONSCIENTE
DA
TARES, MAIS DIFÍCIL, E NÃO DA TACON, MAIS FÁ-
CIL, EVITANDO-SE A MELIN HOJE E A MELEX AMANHÃ.


Questionologia.
Você ainda padece de algum tipo de frustração paralisante da conse-
cução da proéxis? Quais as consequências de tal fato?

Bibliografia Específica:


1. Vieira, Waldo; Homo sapiens reurbanisatus; 1.584 p.; 479 caps.; 139 abrevs.; 40 ilus.; 7 índices; 102 si-
nopses; glos. 241 termos; 7.655 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; 3
a
Ed. Gratuita; Associação Internacional do
Centro de Altos Estudos da Conscienciologia
(CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2004; páginas 432, 463, 945, 979, 997 e 1.004.
2. Idem; Projeciologia: Panorama das Experiências da Consciência Fora do Corpo Humano; 1.248 p.; 525
caps.; 150 abrevs.; 43 ilus.; 5 índices; 1 sinopse; glos. 300 termos; 2.041 refs.; alf.; geo.; ono.; 28 x 21 x 7 cm; enc.; 5
a
Ed.;
Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia
(IIPC); Rio de Janeiro, RJ; 2002; páginas 440, 509, 515, 519
e 697.
3. Idem; 700 Experimentos da Conscienciologia; 1.058 p.; 700 caps.; 147 abrevs.; 600 enus.; 8 índices; 2 tabs.;
300 testes; glos. 280 termos; 5.116 refs.; alf.; geo.; ono.; 28,5 x 21,5 x 7 cm; enc.; Instituto Internacional de Projeciolo-
gia;
Rio de Janeiro, RJ; 1994; páginas 272, 289 e 516.