Enciclopédia da Conscienciologia

Texto do Verbete :


ABERTISMO CONSCIENCIAL

(EVOLUCIOLOGIA)

I. Conformática

Definologia.
O abertismo consciencial é a condição avançada da conscin neofílica com
abertura omnilateral da autopensenidade ao conhecimento quanto à evolução da consciência, ca-
paz de executar intencionalmente, com a própria vida, as técnicas evolutivas avançadas da Cons-
cienciologia, por exemplo, a Cosmoeticologia, a invéxis, a tenepes e a desperticidade.
Tematologia.
Tema central homeostático.
Etimologia.
O termo abertismo deriva da palavra abertura, e esta de aberto, do idioma
Latim, apertus, “aberto; descoberto; nu; que não tem defesa”. O vocábulo aberto surgiu no Sé-
culo XIII. A palavra abertura apareceu no Século XIV. O termo consciência vem do idioma La-
tim, conscientia, “conhecimento de alguma coisa comum a muitas pessoas; conhecimento; cons-
ciência; senso íntimo”, e este do verbo conscire, “ter conhecimento de”. Surgiu no Século XIII.
Sinonimologia:
01. Abertura consciencial; abrimento intraconsciencial; acessibilidade.
02. Anti-hermetismo; mentalidade aberta. 03. Sociabilidade. 04. Glasnost. 05. Exemplo evolu-
tivo avançado. 06. Reversão existencial. 07. Vida humana neofílica. 08. Mecenato. 09. Xenofi-
lia. 10. Exoterismo universal.
Neologia.
As 3 expressões compostas abertismo consciencial, miniabertismo conscien-
cial
e maxiabertismo consciencial são neologismos técnicos da Evoluciologia.
Antonimologia:
01. Fechadismo consciencial; incomunicabilidade; obstrução intelec-
tual. 02. Xenofobia. 03. Vida humana vulgar. 04. Apriorismose. 05. Bairrismo; interiorose; pa-
roquialismo. 06. Castração evolutiva. 07. Existência humana trancada. 08. Conservadorismo;
conservantismo. 09. Agiotagem. 10. Esoterismo acanhado; hermetismo; racismo; vida humana
neofóbica.
Estrangeirismologia:
a open mind; o indivíduo underground; o voluntário large; o ci-
dadão sponsor.
Atributologia:
predomínio das faculdades mentais, notadamente do autodiscernimento
quanto à Autodiscernimentologia.
Megapensenologia.
Eis 2 megapensenes trivocabulares sintetizando o assunto: - Abra-
mos os canais. Universalismo: casamento interétnico.


II. Fatuística

Pensenologia:
o holopensene acolhedor da democracia; os cosmopensenes; a cosmopen-
senidade; os ortopensenes; a ortopensenidade; o autopensene reto e plano; o abertismo autopensê-
nico; a extrapolação pensênica.

Fatologia:
o abertismo consciencial; a abertura mnemônica; a atenção dividida; o poli-
glotismo; a autoconsciencialidade; a omnilateralidade consciencial; o avanço mentalsomático;
o intrafísico; o extrafísico; a abertura omnilateral; a minivariável; o generalismo; a interdiscipli-
naridade; a transdisciplinaridade; a metadisciplinaridade; a multidisciplinaridade; a condição sem
paredes; a megaporta; a cosmovisão; o cosmopolitismo; o universalismo; o senso universalista;
a globalização; a iscagem consciente; a extroversão educada; a euforia intrafísica (euforin); as
rupturas; as neoperspectivas; a neofilia; as categorias de aberturas; a reciclagem intraconsciencial
(recin); a inversão existencial (invéxis); a reciclagem existencial (recéxis); o mecenato; a ace-
leração da História Pessoal; a autocatálise evolutiva.

Parafatologia:
a autovivência do estado vibracional (EV) profilático; a multidimensiona-
lidade; a autoconscientização multidimensional (AM); a paraverpon; a primavera energética (pri-
mener).

III. Detalhismo

Sinergismologia:
o sinergismo interconsciencial.
Principiologia:
o princípio fundamental do Universalismo ou da equanimidade.
Codigologia:
o código pessoal de Cosmoética (CPC).
Teoriologia:
as neoteorias conscienciológicas.
Tecnologia:
a técnica do enciclopedismo; a técnica expansiva da Cosmovisiologia;
a técnica da reciclagem intraconsciencial (recin); as técnicas cosmovisiológicas e atacadistas.
Voluntariologia:
os esforços coletivos do voluntariado da Conscienciologia.
Laboratoriologia:
os laboratórios multidimensionais das Instituições Conscienciocên-
tricas
.
Colegiologia:
o Colégio Invisível da Cosmoconscienciologia; o Colégio Invisível da
Evoluciologia;
o Colégio Invisível da Recexologia; o Colégio Invisível da Parapedagogiologia.
Efeitologia:
o efeito halo da teática interassistencial.
Ciclologia:
o cipriene.
Fobiologia:
a ausência da oligofobia.
Holotecologia:
a evolucioteca; a assistencioteca; a invexoteca; a recexoteca; a desperto-
teca
; a mentalsomatoteca; a determinoteca.
Interdisciplinologia:
a Recexologia; a Evoluciologia; a Interassistenciologia; a Desper-
tologia; a Holomaturologia; a Autodiscernimentologia; a Autocogniciologia; a Argumentologia;
a Autopriorologia; a Autoparapercepciologia.

IV. Perfilologia

Elencologia:
a conscin aberta; a pessoa neofílica; a isca interconsciencial lúcida; o ser
desperto; a semiconsciex.

Masculinologia:
o poliglota; o generalista; o mecenas; o agente retrocognitor; o de-
safiador de sanções sociais; o inversor existencial; o reciclante; o tenepessista; o epicon itinerante;
o conscienciólogo; o autor de obra libertária; o polímata do parapsiquismo; o teleguiado auto-
crítico; o amplificador da consciencialidade; o evoluciólogo; o Serenão.

Femininologia:
a benfeitora; a filantropa; a inversora existencial; a reciclante; a tenepes-
sista; a epicon itinerante; a consciencióloga; a autora de obra libertária; a teleguiada autocrítica;
a amplificadora da consciencialidade; a evolucióloga; a Serenona.

Hominologia:
o Homo sapiens epicentricus; o Homo sapiens despertus; o Homo sa-
piens evolutiologus
.

V. Argumentologia

Exemplologia:
miniabertismo consciencial = a realização pessoal da reciclagem existen-
cial (recéxis); maxiabertismo consciencial = a autovivência na condição da desperticidade.

Culturologia:
o mix paracultural embasando o Universalismo.

VI. Acabativa

Remissiologia.
Pelos critérios da Mentalsomatologia, eis, por exemplo, na ordem alfabé-
tica, 7 verbetes da Enciclopédia da Conscienciologia, e respectivas especialidades e temas cen-
trais, evidenciando relação estreita com o abertismo consciencial, indicados para a expansão das
abordagens detalhistas, mais exaustivas, dos pesquisadores, mulheres e homens interessados:
1. Amplitude autopensênica: Proexologia; Homeostático.

2. Central Extrafísica de Energia: Extrafisicologia; Homeostático.
3. Ciclo evolutivo pessoal: Evoluciologia; Homeostático.
4. Conduta cosmoética: Conviviologia; Homeostático.
5. Cosmovisiologia: Cosmoconscienciologia; Homeostático.
6. Extrapolacionismo: Evoluciologia; Homeostático.
7. Propulsor da vontade: Evoluciologia; Neutro.

O
ABERTISMO CONSCIENCIAL, A RIGOR, ABARCA
TODAS AS MANIFESTAÇÕES PENSÊNICAS, OS SETORES
DE ATIVIDADES, OS FATOS, OS PARAFATOS E O UNI-
VERSO DA CONCLUSÃO DA AUTOPROÉXIS DA CONSCIN.


Questionologia.
Quais categorias de abertismos conscienciais você, leitor ou leitora, já
vivencia hoje? Em quais setores da vida intra e extrafísica?

Bibliografia Específica:


1. Vieira, Waldo; Homo sapiens reurbanisatus; 1.584 p.; 479 caps.; 139 abrevs.; 40 ilus.; 7 índices; 102 si-
nopses; glos. 241 termos; 7.655 refs.; alf.; geo.; ono.; 29 x 21 x 7 cm; enc.; 3
a
Ed. Gratuita; Associação Internacional do
Centro de Altos Estudos da Conscienciologia
(CEAEC); Foz do Iguaçu, PR; 2004; páginas 117, 150, 152, 502, 832, 848,
992, 1.034, 1.035 e 1.099.